Realizado anualmente pela revista “A Granja”, o prêmio “Destaques do Ano 2018” teve a Frísia Cooperativa Agroindustrial como vencedora na categoria “Leite”. A entrega do prêmio aconteceu na última terça-feira (28), em uma cerimônia realizada na Expointer, uma das principais feiras agropecuárias do Brasil, que está acontecendo em Esteio (RS) desde o último sábado (25) e vai até o próximo domingo (2).

Janus Katsman, diretor-pecuário da Frísia, ressaltou a importância do feito durante a cerimônia. “Esse prêmio reconhece e enaltece o trabalho de mais de 800 famílias, bem como os mais de mil colaboradores da Frísia. Estar entre estes destaques nos motiva como cooperativa a buscar sempre agregar valor ao trabalho do nosso cooperado. É uma honra, estamos muito orgulhosos”, comemora.

Janus Katsman, diretor-pecuário Frísia, recebendo o prêmio das mãos de Gedeão Pereira, presidente da Farsul (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul).

Essa é a 33ª edição do prêmio, que é promovido pela revista desde 1986 e já se tornou um dos mais importantes e tradicionais reconhecimentos no setor. Sua importância se deve ao fato de a escolha dos destaques ser feita por uma pesquisa realizada junto aos leitores da revista “A Granja”, que apontaram profissionais, instituições, entidades e empresas mais destacadas em diferentes categorias do agronegócio ou relacionadas diretamente com o setor. Ao todo são 30 categorias.

Diferenciais da Frísia na produção leiteira

A Frísia está entre as melhores cooperativas da mais expressiva bacia leiteira do país, localizada na região dos Campos Gerais (PR). Em 2017 a cooperativa atingiu a produção média de 581 mil de litros de leite por dia.

Todo o volume captado é beneficiado pelas indústrias da intercooperação, com participação das cooperativas Frísia, Castrolanda e Capal, agora sob a marca Unium. O Negócio Leite da Unium é composto pelas fábricas de Ponta Grossa (PR), Castro (PR) e Itapetininga (SP). Nas plantas industriais há a produção das marcas Colônia Holandesa, Naturalle, Castrolanda e Colaso.

Na pecuária de leite, os associados da Frísia mantêm um plantel de animais com produtividade superior à média brasileira. Alguns cooperados Frísia contam com uma produção média de 42 litros de leite por vaca por dia. No Brasil, a quantidade média diária de leite por vaca não passa de 5 litros por animal.

Esses resultados são possíveis graças à assistência técnica prestada aos cooperados, bem como aos avanços e descobertas tecnológicas que também são compartilhadas com os produtores. Um exemplo disso é uma parceria com a Clínica do Leite da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), para a implantação do programa de gestão de propriedades leiteiras, intitulado Master Dairy Administration (MDA), que tem melhorado a forma como produtores e técnicos trabalham.

Outra ação importante da Frísia no setor é a organização da ExpoFrísia, que desde 2005 apresenta novidades, tecnologias e melhorias da genética pecuária, além de movimentar negócios na região dos Campos Gerais.

Sobre a Frísia Cooperativa Agroindustrial

Fundada em 1925, a Frísia é a cooperativa mais antiga do Paraná e segunda do Brasil. Localizada na região dos Campos Gerais, tem sua produção voltada ao leite, carne e grãos, principalmente, trigo, soja e milho. A cooperativa é resultado da união do trabalho de todos os cooperados e colaboradores; da diversificação da produção, englobando a produção leiteira, de grãos e de proteína animal; e da alta qualidade do que é feito e comercializado, com animais de excelente genética, rastreamento e investimento em tecnologia, infraestrutura e mão de obra. Os valores da cooperativa são Fidelidade, Responsabilidade, Intercooperação, Sustentabilidade, Integridade e Atitude (FRISIA).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.