Quatro estudantes do Ensino Médio do Colégio Marista Asa Sul, de Brasília (DF), vão disputar a etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). A etapa será realizada neste sábado (24), no Centro de Educação Profissional Articulado do Guará (CEPAG). Eles desenvolveram um robô autônomo, que se movimenta por meio de sensores.

Marcelo Junqueira Ferreira, Guilherme Cunha Gomes de Freitas, Arthur Pissolati Mattos Gonzaga e Gustavo Rodrigues Rochadel de Oliveira cursam a 3ª série do Ensino Médio. Eles fazem aula de Robótica no Núcleo de Atividades Complementares (NAC) do Colégio.

O desafio será o seguinte: em um ambiente hostil, muito perigoso para o ser humano, o robô vai receber a difícil tarefa de resgatar vítimas de desastres, sem interferência humana. O robô deverá ser ágil para superar terrenos irregulares, transpor caminhos desconhecidos, desviar de escombros e subir montanhas para conseguir salvar as pessoas, transportando-as para uma região segura onde os humanos já poderão assumir os cuidados.

A atividade é complexa, mas o coordenador da turma, o professor de Robótica Pedro Borges Costa, garante que a equipe está preparada para encarar a competição. “Estamos confiantes que conquistaremos um bom resultado nesta etapa e passaremos para a fase nacional”, acredita.

A OBR tem o objetivo de estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro.

A competição é destinada a todos os estudantes de qualquer escola pública ou privada do Ensino Fundamental, Médio ou técnico em todo o território nacional, e é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos.

A olimpíada tem duas modalidades: Prática e Teórica. Ambas procuram se adequar tanto ao público que não conhece a robótica quanto ao público de escolas que já têm contato com o tema. As atividades acontecem em competições práticas (com robôs) e provas teóricas em todo o Brasil. São divididas em etapas regionais, estaduais, nacional e internacional.

Considerado o maior evento de robótica da América Latina, classifica equipes para a RoboCup, maior evento de robótica do mundo. Em média, reúne anualmente mais de 140 mil participantes diretos de todos os Estados. São mais de 3 mil equipes competindo na modalidade prática no País.

Os vencedores da olimpíada são premiados com medalhas e certificados de reconhecimento. Nesta etapa nacional, disputada por 50 equipes, o vencedor ganhará uma vaga para representar o Brasil na etapa internacional, em junho de 2020, na França.

Sobre a Rede Marista de Colégios

O Colégio Marista Asa Sul integra a Rede Marista de Colégios (RMC), presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.