Em 2015, mais uma edição do Projeto Legado se inicia, dando a oportunidade de aperfeiçoamento a organizações sociais de Curitiba e Região Metropolitana. Quarenta iniciativas já passaram por este processo, das quais nove receberam o apoio de R$ 20 mil para implementação de ações que irão ampliar e melhorar o seu impacto.

“Fazemos esse investimento direto por acreditar em cada causa e na vontade de mudança dos representantes dessas iniciativas. O recurso financeiro é somente um incentivo para chegar até o final do Projeto Legado e dar maior potencial às organizações, mudando a vida de centenas de pessoas”, ressalta James Marins, diretor presidente do Instituto Legado de Empreendedorismo Social e sócio do escritório Marins Bertoldi Advogados Associados.

Entre as novidades está a participação de ONGs das edições passadas nos encontros de rede, que agora contarão com a presença de 60 organizações sociais, fortalecendo a rede de empreendedores sociais, o intercâmbio de ideias e parcerias entre as organizações participantes.

“Vemos muitas mudanças de paradigmas nas iniciativas. Chegamos a ter duas organizações selecionadas por dois dos prêmios mais importantes de empreendedorismo social dentro e fora do Brasil”, comenta Nastássia Romanó Leite de Castro, diretora estratégica do Instituto Legado.

As inscrições para esta edição vão até o fim de janeiro, por isso ainda dá tempo de participar. Para se inscrever basta entrar no site www.projetolegado.org e seguir as instruções. Mais informações no www.facebook.com/projetolegado.

Sobre o Projeto

O Projeto Legado é realizado pelo Instituto Legado e pela Ink, com o apoio do Instituto GRPCom. Anualmente, o projeto seleciona, forma, assessora, conecta e investe em empreendedores e organizações sociais de Curitiba e Região Metropolitana para que ampliem seu impacto e sustentabilidade. As organizações selecionadas recebem mais de 100 horas de capacitação, assessoria jurídica e em processos de gestão, ampliação da visibilidade e rede de contatos, e investimento financeiro de até R$ 20.000,00.

Nastassia Romano, Celia Borges do Projeto Abrindo Caminhos e James Marins

Share this article