Feira espera mais de 15 mil visitantes que acompanharão palestras técnicas, novidades em genética bovina, exposição de animais e julgamento de raças

Frisia 02

O atual momento da economia brasileira, com custos altos e margens menores, desafia os produtores rurais a buscarem alternativas rápidas e concretas. No setor leiteiro, a constante procura por maior produtividade justifica os investimentos em melhoramento genético, eficiência na gestão e otimização da estrutura da propriedade. Soluções como essas são o principal atrativo para os visitantes da ExpoFrísia 2016, que ocorrerá entre os dias 27 a 29 de abril em Carambeí (PR), nos Campos Gerais, região que é referência nacional em produção de leite.

“Como a situação da ‘porteira para fora’ depende muito da movimentação do mercado, o produtor deve se atentar ao controle de custos e ao aumento da produtividade na propriedade”, afirma Jefferson Pagno, coordenador de pecuária de leite da Frísia Cooperativa Agroindustrial. Nesse sentido, a ExpoFrísia 2016 apresentará informações e tecnologias ao produtor, com novidades trazidas pelos expositores, pela realização de palestras técnicas e intercâmbio de conhecimento entre os participantes.

A feira é promovida pela Frísia Cooperativa Agroindustrial, uma das maiores e mais tradicionais cooperativas do país, situada nos Campos Gerais, onde a produção leiteira se mantém altamente competitiva. “Durante a exposição, os produtores da região trocam experiências. Isso faz com que um auxilie o outro a se aprimorar”, explica Pagno.

Gestão integrada

Outro ponto que auxilia o produtor a alcançar a eficiência desejada, e poderá ser conferido na ExpoFrísia 2016, é o sistema de gestão integrada, baseado em conceitos consolidados em indústrias do mundo inteiro e adaptados para a realidade do produtor de gado de leite. Esse sistema tem como princípio gerenciar a fazenda como uma empresa e garantir o sucesso pessoal e profissional dos administradores.

Qualidade genética

Frísia

O produtor Cornélio Jacob Aardoom possui uma propriedade de 82 hectares em Tibagi (PR), com 235 animais – entre os quais 120 vacas em fase de lactação. Para ele, a feira ajuda a melhorar o plantel, aperfeiçoar a genética e a se posicionar no mercado. “É uma oportunidade para compararmos o nosso rebanho com os de outros produtores e conferir como podemos nos aperfeiçoar”, explica Aardoom.

O bom material encontrado no gado de Aardoom – que apresenta uma produção média por vaca de 30 litros de leite por dia, com bons índices de proteína, gordura e células somáticas – resultado de sua interação com cooperados e com a equipe técnica da Frísia. “A pessoa não se ‘cria sozinha’, é fundamental a troca de experiências”, comenta o produtor.

Sérgio Chuber também acredita que a comunicação entre os proprietários resulta no fortalecimento do gado leiteiro da região. Em uma propriedade de 3,4 hectares (onde 2,4 hectares são utilizados para pastagem e o restante para produção de silagem de milho), em Prudentópolis (PR), são criados 28 animais da raça holandesa, dos quais 12 estão em período de lactação.

“Sempre investi em genética. Se eu não tivesse animais de qualidade, não conseguiria obter bons números e me manter”, explica. Em 2015 0 produtor, que utiliza o método semiconfinado, entregou para a Frísia o volume de 95.222 litros de leite, atingindo média de produtividade semelhante à de animais criados em confinamento, de 35 litros diários por cabeça.

Produtores cooperados à Frísia, como Aardon e Chuber, fizeram do aperfeiçoamento genético uma alternativa para se manter competitivos no mercado e são presenças confirmadas na ExpoFrísia. “Conseguimos acompanhar as novidades do setor e a exposição funciona como se fosse um termômetro”, conclui Chuber.

Atrações:

Palestras

Na ExpoFrísia 2016, além de acompanhar os julgamentos, conhecer as novidades dos expositores e trocar experiências os visitantes poderão conferir diversas palestras. Um dos temas é o agronegócio, que será apresentado pelo professor-doutor da Universidade de São Paulo (USP), Marcos Fava Neves.

Clóvis de Barros de Filho, professor livre-docente na área de Ética da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e coordenador do programa de mestrado da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), também estará no evento com uma palestra motivacional.

Melhorias e aprimoramento do gerenciamento da propriedade é o tema principal da palestra do professor da Esalq/USP, Paulo Machado, que vai explicar como funciona o Projeto de Gestão da Fazenda Frísia, utilizando o Sistema MDA.

Julgamentos e Catálogo

No dia 27 de abril ocorrerá a Abertura Oficial, o Clube de Bezerras, o lançamento do 3º Catálogo de Touros da Intercooperação e as palestras.

O Catálogo reúne uma seleção de animais de qualidade superior, escolhidos entre mais de mil exemplares das dez empresas de genética participantes. A maior parte dos touros escolhidos é da raça Holandesa Preto e Branco, mas também inclui a raça Jersey. A escolha envolve critérios como ênfase em produção de leite com sólidos, boa vida produtiva e características de saúde, além de úbere, pernas e porte. O Catálogo é distribuído aos produtores logo após seu lançamento e tem como objetivo principal auxiliá-los no processo de tomada de decisão sobre a compatibilidade do sêmen a ser adquirido para suas vacas.

Os dias 28 e 29 estão reservados para os julgamentos das três raças, na pista do pavilhão de exposições. Os animais julgados são predominantemente de criadores da região dos Campos Gerais. Além disso, durante os três dias, os visitantes conferirão animais da mais alta genética e expositores com novidades de mercado.

ExpoFrísia
A ExpoFrísia 2016 reúne o que há de mais moderno e inovador na produção leiteira e em grãos. São aproximadamente 15 mil pessoas que visitam o evento para acompanhar palestras técnicas, julgamentos, Clube de Bezerras. A feira é organizada pela Frísia Cooperativa Agroindustrial no município de Carambeí, na região dos Campos Gerais (PR).

EXPOFRÍSIA 2016
Exposição Agropecuária de Carambeí
27 a 29 de abril
Pavilhão de Exposições Frísia
Parque Histórico de Carambeí (PR)


Share this article