Como forma de tentar fugir da morosidade da Justiça Estatal, grande parte das empresas tem se socorrido da arbitragem como forma de solução de litígios. Essa espécie de “tribunal privado” geralmente está ligada às entidades empresariais das cidades. O município de Cascavel discute a criação de uma dessas câmaras.

Como parte do debate, a Associação Comercial e Industrial de Cascavel (ACIC) promove palestra sobre o tema com o advogado Marcelo M. Bertoldi, do escritório Marins Bertoldi Sociedade de Advogados, no dia 26 de outubro (quinta-feira). Bertoldi tem mais de 20 anos de experiência na área de arbitragem, direito contratual e societário. Além disso, atua em causas referentes a fusões e aquisições de empresas de grande porte.

De acordo com dados da Câmara de Arbitragem Empresarial – Brasil (Camarb), de 2013 até a metade deste ano, o número de casos em arbitragem aumentou 34,5%. Comparada ao número de casos analisados pela Justiça, a porcentagem é pequena, mas os valores envolvidos são bastante relevantes. Na Comarb, a soma das causas chega a R$ 3 bilhões.

A arbitragem vigora na legislação brasileira desde 1996 e tem ganhado destaque nos meios empresariais por seus benefícios em questões complexas enfrentadas pelas organizações. As câmaras são importantes para a transparência e regulamentação de mercado, além do aumento da confiança no meio empresarial, oferecendo rapidez, sigilo e personalização.

Palestra sobre Mediação e Arbitragem

Local: Sala Paraná – Associação Comercial e Industrial de Cascavel

Endereço: Rua Pernambuco, 1800 – Centro – Cascavel/PR

Horário: 18h30

Informações: (45) 3321-1400

 


Share this article