Você já parou para pensar como o alumínio está presente no seu cotidiano? Das embalagens de leite longa vida, à bicicleta, carro, ônibus ou avião, passando pelas janelas, à latinha de suco, refrigerante e cerveja, laptops e smartphones e como matéria-prima para a criação de obras de arte e objetos de design diferenciados. É com a missão de mostrar a importância desse metal na vida das pessoas que o projeto “Casa do Alumínio – uma experiência de arquitetura, arte e design” chega a São Luís (MA). A exposição permanece aberta à visitação pública e gratuita de 8 a 14 de setembro no Shopping da Ilha, no bairro Cohama.

Créditos: Divulgação/Centro Cultural do Alumínio (CCAL). 

Com uma área útil de 150 m2, a Casa é composta por espaços como quarto, copa, living, banho, varanda e garagem, que são preenchidos com o maior número de objetos que tenham o alumínio em sua composição, em mais de 50 aplicações distintas. A exposição tem entrada gratuita e os visitantes podem ampliar sua experiência por meio de conteúdos digitais disponibilizados em tablets. Assim, é possível conhecer mais sobre a história do alumínio e sua aplicação em segmentos estratégicos como transportes, embalagens, construção civil, utilidades domésticas, bem como na arte, arquitetura e design. 

Sustentabilidade

O projeto é uma realização do Ministério da Cidadania, via Lei de Incentivo à Cultura e Usina Projetos, com produção da Quattro Projetos e Instituto Cultural Quattro, curadoria do Centro Cultural do Alumínio (CCAL) e chancela da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL). “A Casa do Alumínio mostra como o metal está presente na nossa vida e é indispensável à sociedade contemporânea, seja pela versatilidade seja pelo caráter sustentável. O alumínio é 100% reciclável e pode ser infinitamente reutilizado sem jamais perder as suas características”, diz o presidente executivo da ABAL, Milton Rego. “Sustentabilidade, aliás, que está presente em toda a cadeia produtiva do metal. A começar pela mineração responsável da bauxita e sua transformação em alumínio, processo que segue práticas internacionais de preservação ambiental e de respeito ao homem”, reforça.

O lançamento da Casa aconteceu em 2018 durante a ExpoAlumínio, em São Paulo, sendo montada logo em seguida na cidade de Alumínio (SP). Em 2019, Brasília (DF) foi a primeira cidade a receber a exposição. Após a passagem por São Luís, o projeto também passará pelos municípios de Belém (PA) e Pindamonhangaba (SP), totalizando 6.750 km de viagem ao seu final. 

“O alumínio é versátil e tem características únicas. A exposição traz à capital maranhense toda a vanguarda das infinitas possibilidades do metal e chama a atenção para a presença dele no nosso dia a dia”, ressalta o diretor cultural da Casa do Alumínio, Flavio Enninger.

O projeto conta com patrocínio, via lei de incentivo, das empresas associadas à ABAL: Alcoa, CBA (Companhia Brasileira de Alumínio), Norsk Hydro e Novelis, e tem apoio das seguintes empresas que cederam serviços e materiais para execução e montagem da cenografia: Cebrace, Nespresso, Maxion Wheels, Renault, Screenline e Truckvan.


Serviço

“Casa do Alumínio – uma experiência de arquitetura, arte e design”

Data e horário: 8 a 14 de setembro de 2019 | das 11h30 às 20h | evento gratuito 

Local: Shopping da Ilha – Avenida Daniel de La Touche, número 987, Cohama – São Luís (MA).

Por que visitar?

A exposição é uma oportunidade de conhecer mais sobre aplicações do alumínio no cotidiano das pessoas e como o metal propicia benefícios como, por exemplo, a redução de emissões de gases por meio da redução de peso de carros, menor consumo de energia em construções sustentáveis, criação de bens de consumo e obras de arte em design inteligentes pela sua maleabilidade.


Sobre a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) 

Fórum legítimo do setor, desde 1970, a Associação Brasileira do Alumínio defende os interesses das empresas que atuam diretamente ou indiretamente na indústria do alumínio. A entidade representa o setor junto ao governo e à sociedade, além de participar de fóruns e eventos relacionados aos negócios de seus associados. Mantém, ainda, parceria com federações e outras associações para ampliar o diálogo com toda a cadeia produtiva. Disseminadora de conhecimento, a ABAL responde pela elaboração das normas técnicas para processos e produtos da cadeia do alumínio, além de contribuir com a capacitação profissional por meio de cursos, palestras e seminários em diversas áreas. É missão da entidade tornar a indústria do alumínio mais competitiva, inovativa, sustentável e integrada.

Sobre o Centro Cultural do Alumínio-CCAL

Curadora artística da “Casa do Alumínio”, o Centro Cultural do Alumínio (CCAL) é um espaço público, multidisciplinar, de convivência e informações sobre esse metal presente em nossas vidas há mais de cem anos. Instalado em São Paulo, o CCAL concentra obras bibliográficas, históricas e artísticas sobre o alumínio e sua indústria, além de atender ao público em consultas na biblioteca, exposições, oficinas e workshops. Inaugurado em 2017, o CCAL recebeu incentivo do Ministério da Cultura – Lei Rouanet para sua implantação e foi viabilizado graças ao patrocínio das empresas Alcoa, CBA (Companhia Brasileira de Alumínio), Grupo ReciclaBR, Hydro e Novelis.


Share this article